A trilha

A Escola Trilha Educação Especial nasceu da busca de pais por uma proposta de ensino diferenciada para a educação de seus filhos, que abraçasse a questão das diferenças e incluísse a subjetividade do aluno, sem a imposição de um caminho padronizado a seguir. Desde 1986, quando fundada por Celma Cenamo, a Trilha vem se flexibilizando e se reinventando para acolher às demandas de seus alunos, de suas famílias e da sociedade.

Desde 1986, a Trilha desenvolve um projeto educacional especializado, atendendo crianças, jovens e adultos com dificuldades de aprendizagem, deficiência intelectual, múltiplas deficiências, quadros associados a síndromes¹ , deficiências físicas e sensoriais², paralisia cerebral e distúrbios globais do desenvolvimento³.

Para a Escola Trilha Educação Especial, muito mais importante que o método, é a linguagem contextualizada, estabelecida nos princípios da Psicopedagogia. A programação educacional é elaborada com o objetivo de promover a ação reflexiva e crítica do pensamento do aluno, permitindo o aprendizado estimulante, que concilia a atuação mediadora, sensível e instrucional do educador ao processo de desenvolvimento do aluno.

Os projetos educacionais da Trilha atendem à singularidade do aluno, em suas necessidades e potencialidades, com programação equivalente aos níveis Educação Infantil, Ensino Fundamental, Faculdade Livre Especial, Projetos Profissionalizantes, Ocupacionais e de Apoio ao Trabalho.

Nos níveis iniciais de escolarização, cada grupo de, no máximo 6 alunos, conta com um educador e um auxiliar, além dos professores de aulas extra-curriculares. A criança desenvolve, nestes níveis, as habilidades básicas, enfatizando-se o desenvolvimento simbólico, a aquisição de autonomia e a interação social.

Nos programas de Ensino Fundamental (Supletivo com Acompanhamento Especial), Faculdades Livres Especiais (FAO e FOCO), PEC (Programa de Educação Continuada), PROPEC (Programa de Profissionalização e Educação Continuada) e CAP (Centro de Apoio Profissionalizante) cada disciplina é ministrada por um professor especializado. O ensino acadêmico mais complexo atende às exigências e demandas dos alunos e da sociedade, favorecendo a profissionalização, a inclusão social e a realização pessoal do aluno.

A Trilha conta com uma equipe multidisciplinar, composta por profissionais especializados, com sólida formação e constante atualização.

Com projetos pioneiros em educação especial, a Trilha representa uma mudança de paradigma, desconstruindo rótulos e preconceitos e criando novos desafios e possibilidades em uma ousada proposta de educação e inclusão.

O conceito da Inclusão Social adquire na Trilha um significado prático, no qual o aluno é levado a vivenciar um cotidiano repleto de atividades diversificadas e produtivas, essenciais para sua realização pessoal, assim como para o desenvolvimento de maior autonomia perante os desafios da vida.

Guiados por essa filosofia, promovemos uma real inserção do indivíduo na sociedade.

  1. síndrome de down, esclerose tuberosa, angelman, asperger, rubinstein-taybi, entre outras
  2. deficiência auditiva e deficiência visual
  3. autismo e psicose